"O que importa a surdez dos ouvidos quando a mente escuta? A única surdez verdadeira, a surdez incurável, é a surdez da mente". - Victor Hugo

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Nossa casa comum está doente


“Não queremos o meio ambiente. Queremos o ambiente inteiro” – Leonardo Boff

O ser humano, por implicação de suas atividades econômicas, principalmente após o advento da revolução industrial, vem contribuindo para o aquecimento da terra.


Já se pode sentir as conseqüências climáticas decorrentes do aquecimento global. O nível do mar tem aumentado de forma a prejudicar a vida, das famílias ribeirinhas.


De quem é a culpa? Colocamos aqui em nosso site, uma pesquisa, intitulada de “Quem são os maiores culpados face ao aquecimento global?”. E como resposta obtivemos dos internautas os seguintes números: 10% dos internautas, acham que a culpa é dos empresários, outros 24% afirmaram que são os governantes, outrem 31% opinaram que os maiores culpados são os países industrializados, e por fim, 34% colocaram a culpa na sociedade.


Sim, a sociedade como um todo, de fato é a maior culpada, pois nela estão inseridos os empresários, os governantes (alias, nós os elegemos), os países industrializados e a própria sociedade (povo), estão imbuídos na sociedade mundial.


Esse tema tornou-se unanimidade mundial, culminando num comprometimento, dos países mais desenvolvidos em reduzir suas taxas de emissão dos gases que contribuem para o “efeito estufa”. Segundo os cientistas, nos últimos cem anos a temperatura média da terra aumentou aproximadamente 0,6°c.


A Revista cientifica ENVIRONMENTAL RESEARCH LETTERS, publicou em uma de suas edições que, a floresta Amazônica é uma reserva de cerca de 80 bilhões de toneladas de carbono – o que equivale a quase um terço do estoque mundial.


De acordo com um estudo divulgado pelo Grupo Ambiental WWF, na conferencia da ONU para mudanças climáticas, em Bali, até 55% da Amazônia pode ser destruída até 2030, se as tendências forem mantidas.


Qual a solução? Tenho apenas sugestões, primeiro que a sociedade está carente de uma Gestão Ambiental, uma boa oportunidade dos governantes criarem parâmetros para imbuírem à população no governo. A sociedade civil pode se manifestar nesse sentido, plantando árvores, já que a meta mundial para se tentar frear os avanços do aquecimento global, é o plantio de 1 bilhão de arvores. Para o Brasil poderiam ser 100 milhões. Para cada município seriam no mínimo Mil árvores plantadas em 2008.


Nossas escolas também estão carentes de projetos sócio-ambientais, para uma prematura conscientização de nossas crianças. Por que não inserir nas escolas uma nova disciplina, com o nome de Educação Ambiental?


Por fim, na ponta da “navalha”, os nossos estadistas estão sufocados, que se por um lado precisam urgentemente formular um plano ambiental, para no mínimo acalmar a sociedade que os legitimou, por outro, existe uma real preocupação de solucionar, ainda que com medidas paliativas, o risco de uma crise ambiental avassaladora. O “homem” tem procurado a sua própria destruição. Devemos preservar a nossa casa comum, a terra. Se ela for destruída, conseqüentemente pereceremos com ela. Ou mudamos ou morreremos.

9 comentários:

Elton.Breakout disse...

kra..muito..bom..essa sua preoculpação..axo..q o q podemos..fazer para divulgar..tal...atividade.é..validade..afinal..tamos..nessa por nos..mesmo...!!

Edu D'ant disse...

Muito bem!!!

apoiado td tipo de apoio ao bem comum!!!

**********************************

http://www.novosfilmesnatela.blogspot.com/

Leonardo disse...

Muito bacana cara! Realmente o ser humano não se importa com os acontecimentos a longo prazo, preferindo apenas viver o momento. Ainda vamos nos ferrar com isso.

http://leoribeirosilva.blogspot.com/

joao disse...

é verdade... temos q viver o presnte, mas pensando no futuro...

jlou disse...

Muito triste dizer isso, mas sem hipocresia de minha parte... EU JÁ DESISTI! Porque ninguém vai fazer mudar a mente doentia e irredutível do (praticamente) DONO DO MUNDO. Se não for do gosto do senhor presidente dos EUA, o mundo vai acabar e ponto. Engraçado que ele quer que todods os países emitam menos gases nocivos com suas fabricas e indústrias mas o país dele deve continuar. E porque? Porque o que move a economia são as industrias, assim eles ficam mais ricos sem colaborar e o resto do mundo que tenta reparar os danos criado pelo país que mais cria danos e por eles próprios também e com isso ficam mais pobrinhos perante toda o império do senhor Bush! Aquele doente.

Me revolto! rs Mas é minha opinião esta. De qualquer forma fico feliz por quem tem esperança e que pode um dia fazer meu pensamento mudar em relação ao nosso futuro.

Abraços

www.jlouthings.blogspot.com

bob.loco disse...

oo loco mew
tem toda razao
apoiado
o mundo precisa de nos
o meiu ambiente precisa de nos
temos que conscientizar as pessoas

mto bom
gostei do post

passa nu meu c kiser ;)



http://ehtudoloco.blogspot.com

Touro Bravo disse...

Legal o Post, pensar no futuro é fundamental...

abrçs!

http://tourobravo.blogspot.com/

adilson jorge disse...

E tem americano dizendo que o aquecimento global é pura mentira. Meu Deus. Com tantos problemas assim "na cara" esses americanos estão mais loucos que nunca (ainda mais nessa gestão Bush).

No meu blog, estamos com uma série de postagens sobre preservação ambiental. Se quiser (claro) dê um pulo lá para conferir e dizer o que acha.

Parabéns pelo blog,
http://www.blogonews.blogspot.com/

Sofia Amundsen disse...

é verdade, é verdade. muita, muita gente pensa assim, mas ninguém move uma palha, é bom ter alguém que exponha as coisas assim :D
muito bom o texto, gostei que só