"O que importa a surdez dos ouvidos quando a mente escuta? A única surdez verdadeira, a surdez incurável, é a surdez da mente". - Victor Hugo

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O Caminho de Davi. de Roberto Pelegrino

Em O CAMINHO DE DAVI, o autor Roberto Pelegrino mostra de modo simples e cativante uma experiência de VIDA. O leitor atento sentirá que a história de DAVI é muito parecida com a sua e a de tantas outras pessoas. As buscas, os sonhos, as realizações, as angústias e os sofrimentos não dependem de tempo e lugar, elas são inerentes ao ser humano. Dentre várias buscas humanas, o dinheiro, o conhecimento e a religião se destacam, e DAVI são fugiu a regra, passou pelas três e em todas se deu bem. Apesar do sucesso conquistado a sua vida foi uma alternância de alegria e tristezas.

Na infância sonhou os sonhos dourados das crianças, sofreu com os desencontros de seus pais, que embora morando sob o mesmo teto, viviam em mundos diferentes.

A juventude foi marcada por estudos. Sonhou os sonhos incontidos dos jovens, viveu a ansiedade das indecisões e experimentou as ternuras do amor. DAVI, por decisão sua e ironia do destino fez do namoro juvenil um amor impossível. E o amor impossível transcende os limites possíveis.

Na idade adulta, constituiu família, teve filhos e com eles provou o doce sabor da alegria e o amargo das frustrações. Trabalhou muito, ganhou fama e respeito como cientista, e como cientista racional enxergava o mundo.

Ao chegar à velhice, experimentando a decrepitude do corpo, a alma ferida e vários porquês não explicados caiu em uma situação de dor e desespero. A dor, o desespero e a observação da natureza provocam-lhe uma introspecção. Voltando para dentro de si, aprendeu sonhar de olhos abertos e ver de olhos fechados.

Recebi de presente do próprio autor, e recomendo a leitura desse magnífico livro, capaz de aguçar no leitor a vontade de não querer parar de ler.


Dr. Roberto Pelegrino além de médico é Escritor-Poeta de Campo Grande – MS.

Adquira o livro através do e-mail: umavidaumcaminho@gmail.com


3 comentários:

Renata Rimet disse...

Uma lição muito boa, um caminho a seguir...é isso que precisamos e muitas vezes nos furtamos ao cortar caminhos, quando buscamos o mais facil a realização não acontece em sua plenitude...faz se necessário seguir o caminho até o fim, viver o doce, o amargo,mas viver plenamente...

Mário Feijó disse...

Roberto Pelegrino é um autor que escreve com muita inteligência, cultura e bom senso. Todos os seus escritos sempre me ensinaram algo de novo ou lembraram algo que aprendi. Com O CAMINHO DE DAVI tenho a certeza de que não fugirei desta aprendizagem... Estou adorando e devorando o livro... Sucesso Roberto...

Flávia Thayna disse...

Legal a forma que você relata o saber viver e a distinguir o amargo do doce a entender: que a vida é formada por esses dois ângulos e levando-nos a viver a vida de forma plena. A continuar sonhando e que esses sonhos, venham ser os sonhos de Deus para que as coisas se concretizem com perfeição. Parabéns forte abraço!