"O que importa a surdez dos ouvidos quando a mente escuta? A única surdez verdadeira, a surdez incurável, é a surdez da mente". - Victor Hugo

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Como Lutero pregou?


O Saltério foi um dos livros bíblicos prediletos de Lutero. Considerava-o “uma pequena Bíblia porque prefigura o Reino de Deus e faz promessa clara acerca da morte e ressurreição de Cristo. Dentro dela, tudo o que consta na Bíblia inteira foi composto da maneira mais bela e resumida, como num delgado livro de cabeceira. Com efeito, tenho a impressão que o próprio Espírito Santo quis dar-se o trabalho de compilar a Bíblia e o livro de exemplos mais curto de toda a cristandade ou de todos os santos, de sorte que quem não pudesse ler toda a Bíblia ainda assim tivesse, em um pequeno livrinho, quase um resumo completo” (Lutero). O reformador conclui a sua opinião a respeito deste livro: “Em resumo: se queres ver as santas igrejas cristãs pintadas em cores e formas vivas e representadas num pequeno quadro, então olha para o Livro dos Salmos. Nele, tu tens um espelho fino, claro e puro que te mostrará o que é a cristandade. Sim, dentro dele também tu irás encontrar a ti mesmo e o verdadeirognothi seauton [conhece a ti mesmo], além do próprio Deus e todas as criaturas”. 

Estão publicadas neste espaço, amostras de pregações de Lutero sobre os Salmos. Trata-se de extratos de pregações, publicadas anteriormente no Castelo Forte/1983, lançado por ocasião dos 500 anos do nascimento do reformador.


clique aqui!

Lutero.com.br

Nenhum comentário: