"O que importa a surdez dos ouvidos quando a mente escuta? A única surdez verdadeira, a surdez incurável, é a surdez da mente". - Victor Hugo

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

RJ: Estudante é estuprada e enterrada na praia


Por: Hieros Vasconcelos

Thamires Gomes Leão Machado, de 18 anos, era natural de Arraial do Cabo e estava há apenas duas semanas no Rio Foto: Divulgação / Extra
A estudante Thamires Gomes Leão Machado, de 18 anos, foi violentada, espancada e enterrada na areia da praia, debaixo de um tablado do quiosque TNT a 700 metros do quiosque do Rico, no posto 12 do Recreio dos Bandeirantes. O corpo dela foi encontrado na manhã desta quinta-feira, por um surfista.
O IML constatou que a garota teve a mandíbula quebrada e morreu asfixiada. Os peritos encontraram, ainda, diversos preservativos na boca da vítima. Segundo a Divisão de Homicídios (DH), que investiga o caso, o assassino fez um buraco na área externa do quiosque para esconder o corpo.
O advogado da família disse que a garota foi vista caminhando ao lado de um vigilante, na madrugada de quarta-feira. Thamires foi enterrada nesta sexta-feira à tarde, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, diante da presença de amigos e familiares.
Dor no enterro de Thamires
Dor no enterro de Thamires Foto: Bruno Gonzalez
— A única coisa que quero neste momento é que a pessoa que fez isso com a minha filha pague. Não acredito ainda no que aconteceu — disse Verônica Fani Gomes Leão, mãe da garota.
Natural de Arraial do Cabo, Thamires morava há apenas duas semanas em um quarto alugado no Recreio. Segundo familiares, ela trabalhava numa loja de roupas e queria prestar vestibular para o curso de Educação Física.

Nenhum comentário: